Quem está tomando sinvastatina pode tomar cerveja?

De todos os remédios para baixar o colesterol, as estatinas são as mais utilizadas, mas esses remédios tem efeitos colaterais, para quem está tomando sinvastatina e bebe cerveja, os efeitos colaterais e os riscos podem ser maiores.

As estatinas interferem na produção de colesterol pelo corpo e ajudam a baixar o colesterol  LDL, ou colesterol ruim do corpo, quando a dieta e os exercícios físicos não funcionam.

Sinvastatina faz mal ao fígado?

Ocasionalmente, o uso de estatinas pode afetar a saúde do fígado. Embora raras, as estatinas podem aumentar a produção de enzimas hepáticas. Vários anos atrás, o FDA, (a ANVISA dos EUA), recomendou exames regulares das enzimas do fígado dos pacientes que tomavam estatinas. Mas, o risco de danos ao fígado é muito raro. Entretanto o fígado tem papel fundamental no metabolismo do álcool, então isso significa que para as pessoas que bebem, a sinvastatina pode fazer mal ao fígado. 

O que o Sinvastatina pode causar para quem toma cerveja todos os dias?

50 alimentos para baixar o colesterol
50 alimentos para baixar o colesterol – BAIXE AGORA!

No geral, não há riscos específicos para quem toma sinvastatina e bebe uma cerveja de vez em quando. Em outras palavras, o álcool não interfere nem reage imediatamente com as estatinas no seu corpo.

No entanto, pessoas que bebem muito ou que já tem danos no fígado causado pelo consumo excessivo de álcool correm maior risco de ter efeitos colaterais mais graves.

Como o consumo excessivo de álcool e o uso de estatinas (raramente) podem interferir na função hepática, os dois fatores juntos podem colocar as pessoas em maior risco de ter problemas no fígado.

O consenso geral é que beber mais de duas cervejas por dia para homens e uma cerveja por dia para mulheres, pode colocar você em um risco maior de doença hepática alcoólica e possíveis efeitos colaterais das estatinas.

Se você tem histórico de consumo excessivo de álcool ou lesão hepática, pode ser arriscado tomar sinvastatina e beber.

 

LEIA TAMBÉM:

Fontes:

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *