Muitos fatores podem ser a causa do aumento do colesterol LDL

Veremos nesse artigo o que causa o aumento do colesterol LDL. Verificar seus níveis de colesterol é muito importante para sua saúde, no entanto, existem vários tipos de colesterol: lipoproteína de alta densidade (HDL) ou colesterol “bom”, lipoproteína de baixa densidade (LDL) , que muitas vezes é considerado colesterol “ruim”, assim como um terceiro tipo, os triglicerídeos.

Índice:

  1. Por que o colesterol LDL alto faz mal a saúde?
  2. O que é colesterol LDL
  3. Como medir o colesterol LDL
  4. Colesterol LDL valor normal
  5. O que causa o aumento do colesterol LDL?
  6. Quais alimentos causam aumento do colesterol LDL?
  7. Conclusão
  8. Alimentos para baixar colesterol

Por que o colesterol LDL alto faz mal a saúde?

O LDL contribui para a formação de uma substância cerosa semelhante à gordura nas artérias. Por sua vez, isso pode levar à aterosclerose (endurecimento das artérias), que pode levar à doença arterial coronariana (DAC) , ataque cardíaco e derrame, entre outros problemas de saúde graves.

Muitos fatores causam o aumento do colesterol LDL. Isso inclui fatores genéticos (histórico familiar de LDL alto), obesidade ou sobrepeso, falta de exercícios físicos, dieta e alguns medicamentos que você está tomando.

É importante entender essas causas, pois pode ajudar a prevenir e controlar o colesterol alto.

O que é colesterol LDL

O próprio colesterol é uma substância necessária ao corpo.

É fabricado no fígado e pode estar presente em certos alimentos, especialmente carnes, ovos e laticínios.

O LDL é uma lipoproteína – uma substância que transporta o colesterol para as células, auxiliando na manutenção da estrutura celular e servindo como um precursor de substâncias vitais para a função humana.

Todo mundo tem alguma quantidade dessa lipoproteína, mas surgem problemas quando ela está elevada.

Quando há excesso de LDL, as placas se acumulam nas artérias, causando aterosclerose e reduzindo o fluxo sanguíneo.

Quando as artérias do coração são afetadas, níveis insuficientes de oxigênio danificam os músculos cardíacos e causam DAC, angina (dor no peito) e até ataque cardíaco.

Além disso, artérias em outras partes do corpo também podem ser afetadas, levando à doença arterial periférica (DAP) e derrame.

Leia também: Qual é a diferença entre colesterol HDL e LDL?

Como medir o colesterol LDL

Dado o que o colesterol LDL alto pode causar, é fundamental fazer exames de rotina para que o LDL seja medido.

Como isso é feito? Basicamente, é feito um exame de sangue denominado perfil lipídico, que mede os níveis de HDL e triglicerídeos juntamente com o LDL, ao mesmo tempo em que calcula o colesterol total. 

É dada atenção especial aos níveis de LDL, embora todos sejam importantes.

O perfil lipídico é um exame de sangue, exigindo apenas uma pequena amostra, geralmente retirada de uma artéria ou veia do braço.

Você pode ter que jejuar de 9 a 12 horas antes do exame, evitar certas bebidas e ficar em jejum, para ter um resultado preciso.

Leia também: É preciso ficar de Jejum para fazer exame de colesterol?

Colesterol LDL valor normal

Então, qual valor normal de colesterol LDL?

O colesterol é medido em  miligramas (mg) por decilitro (dL) de sangue.

Os resultados do exame se encaixam em quatro categorias: ótimo, bom, no limite e alto / muito alto, sendo essas faixas variando com a idade. Abaixo os valores do colesterol LDL

O que causa o aumento do colesterol LDL?

Dieta

O que você come pode ter um grande impacto em seus níveis de LDL. Uma das principais causas do aumento do colesterol LDL é a gordura saturada, que, de acordo com a American Heart Association, deve constituir apenas cerca de 5% a 6% de suas calorias diárias. Normalmente, você deve evitar alimentos com alto teor de gordura, incluindo: 

Então, que tipos de alimentos podem ajudar a baixar o colesterol LDL?

Abaixo estão 8 alimentos que baixam o colesterol ruim:

Leia também: Diferença entre gordura saturada e insaturada

Peso

Outro fator de risco importante para o aumento do colesterol LDL alto é o excesso de peso.

O excesso de peso ou a obesidade clínica limita a capacidade do corpo de remover esse tipo de colesterol da corrente sanguínea e está diretamente relacionado ao aumento do colesterol LDL.

A medida padrão é o índice de massa corporal (IMC), que compara sua altura e seu peso para estimar seu nível de gordura corporal.

Considerando que pontuações abaixo de 25 são consideradas normais ou abaixo do peso, você está com sobrepeso se sua pontuação for de 25 a 29,9 e definido como obeso quando tiver 30 ou mais.

Embora existam limitações para o IMC como medida de saúde, pontuações mais altas devem ser gerenciadas.

A pesquisa mostrou que mesmo reduções modestas no peso – digamos de 5% a 10% do peso total – diminui o LDL e reduz outros fatores de risco cardiovasculares.

Falta de atividade física

A falta de atividade física também pode causar o aumento do colesterol LDL.

A boa notícia, entretanto, é que mesmo pouco tempo de exercícios físicos que você faz podem ajudar muito.

O ideal é que você faça até 90 minutos por dia de atividade física; no entanto, mesmo 30 a 45 minutos regularmente podem ajudar muito.

Em geral se recomenda que os adultos façam duas horas e meia de exercícios moderados por semana. Que pode ser:

Fumo e Álcool

Dentre todos os efeitos negativos do fumo do tabaco está a aterosclerose, aumento do colesterol LDL e colesterol HDL baixo.

Por isso, parar de fumar, ajuda muito no controle do colesterol, ao mesmo tempo que reduz o risco de doenças cardíacas e câncer. Veja aqui como parar de fumar.

Mesmo o fumante passivo – quando você inala a fumaça de outros fumantes – também é perigoso e está relacionado aos mesmos problemas de saúde de quem fuma. 

Se você é fumante, fume ao ar livre e longe de não fumantes; se você não fuma, pode pedir a outras pessoas que não fumem em sua casa ou no seu carro ou perto de você.

Além disso, por causa de seus muitos efeitos no corpo, o consumo excessivo de álcool e o alcoolismo são a causa do aumento do colesterol LDL.  Limitar o consumo de álcool ou parar completamente de beber pode ajudar a baixar o colesterol e triglicerídeos.

Idade e sexo

Sua idade e sexo também podem ter uma influência significativa nos níveis de colesterol LDL.

Conforme os homens e mulheres envelhecem, o colesterol LDL geralmente aumenta.

Os homens tendem a ter níveis de LDL mais altos do que as mulheres  na idade entre 20 e 59 anos. Em contraste, as mulheres tem valores mais elevados de LDL após a meia-idade (depois dos 60 anos).

Para as mulheres, passar pela menopausa também pode influenciar o LDL. O risco de ter colesterol alto na pré-menopausa é significativamente menor.  É por isso que o monitoramento mais frequente do LDL é recomendado para mulheres na menopausa.

Genética

Como acontece com muitos problemas de saúde, o histórico familiar de colesterol alto aumenta o risco.

Níveis elevados de LDL devido à genética, uma condição chamada hipercolesterolemia familiar (FH) , ocorre em uma em cada 500 pessoas.

Essa condição é especialmente preocupante, porque geralmente não é detectada e está associada a ataque cardíaco precoce, derrame e morte prematura.

Nesses casos, o gene que codifica a proteína receptora do colesterol LDL, que é essencial para eliminá-lo da corrente sanguínea, funciona mal.

Se este gene é adquirido de um dos pais, é chamada FH heterogêneo, assim cerca da metade dessas proteínas são inativas. Por sua vez, o FH homogêneo ocorre quando ambos os pais carregam o gene defeituoso.

Casos difíceis de tratar de colesterol alto, em particular, podem exigir a triagem genética. Além disso, a presença de colesterol alto em um membro da família, ou histórico familiar de doença cardíaca precoce, também pode necessitar de um exame minucioso.

Raça e etnia

De acordo com as pesquisas, a raça e a etnia também causam aumento do colesterol LDL.

Embora todas as raças e etnias possam desenvolver LDL alto, existem diferenças com base no status. Aqui está uma análise rápida: 

Remédios

Os medicamentos também podem causar aumento do colesterol LDL.

Isso pode ser especialmente desafiador, pois os medicamentos para doenças cardíacas e hipertensão, entre outras condições relacionadas, estão na lista. Antes de qualquer prescrição, seu médico deverá examinar cuidadosamente os riscos e benefícios.

Então, que tipos de remédio causa o aumento do colesterol LDL? 

Muitos tipos diferentes de medicamentos podem afetar o LDL, portanto, o monitoramento cuidadoso das prescrições é necessário para controlar o colesterol alto.

Outras doenças e condições de Saúde

Finalmente, o colesterol alto também pode ser causado por uma série de outras condições de saúde, distúrbios ou doenças que você possa ter. Estes incluem:

Quais alimentos causam aumento do colesterol LDL?

Sua dieta desempenha um papel importante nos seus níveis de colesterol. Alimentos ricos em gorduras trans, gorduras saturadas e sal podem causar aumento do colesterol LDL.

Muitos alimentos que você encontra no mercado podem conter gorduras trans e saturadas e alto teor de sódio ou sal, portanto, leia atentamente o rótulo dos produtos antes de comprar.

Conclusão:

Dado o quão fundamental é o colesterol para os processos do corpo e para a função do sistema circulatório, não é de se admirar que muitos fatores possam causar o aumento do colesterol LDL. Uma vez que existem tantos perigos associados a ele, no entanto, descobrir quais comportamentos, medicamentos ou outros problemas específicos estão causando o problema pode ser a chave para resolvê-lo.

Em última análise, não existe um método único para baixar o colesterol LDL; o que funciona para alguns não funciona tão bem para outros.

Alimentos para baixar o colesterol

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Chá Para Baixar Colesterol

BAIXE GRATUITAMENTE O LIVRO DIGITAL EM PDF

O campo SMS deve conter entre 6 e 19 dígitos e incluir o código do país sem usar +/0 (por exemplo: 1xxxxxxxxxx para os Estados Unidos)
?

Baixe via WhatsApp

Leia também:

Fontes:

  1. American Heart Association. HDL (good), LDL (bad) cholesterol and triglycerides. Updated 2020.

  2. National Institutes of Health. LDL: the “bad” cholesterol. Updated 2017.

  3. Zampelas A, Magriplis E. New insights into cholesterol functions: a friend or an enemy?Nutrients. 2019;11(7):1645. doi:10.3390/nu11071645

  4. Centers for Disease Control and Prevention, National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion. LDL and HDL cholesterol: “bad” and “good” cholesterol. Updated 2020.

  5.  American Heart Association. How to get your cholesterol tested. Updated 2020.

  6. Cleveland Clinic. Cholesterol: types, tests, treatments, prevention. Updated 2020.

  7. American Heart Association. Saturated fat. Updated 2021.

  8. Centers for Disease Control and Prevention. Preventing high cholesterol. Updated 2020.

  9. National Institutes of Health, National Heart, Lung, and Blood Institute. Assessing your weight and health risk. Updated 2021.

  10. Brown J, Buscemi J, Milsom V, Malcolm R, O’Neil P. Effects on cardiovascular risk factors of weight losses limited to 5–10 %Transl Behav Med. 2016;6(3):339-346. doi:10.1007/s13142-015-0353-9

  11. Cleveland Clinic. 10 tips for lower cholesterol. Updated 2019.

  12. Cleveland Clinic. Dangers of secondhand smoke: risks and prevention. Updated 2020.

  13. Swiger K, Martin S, Blaha M, Toth P, Nasir K; Michos E, Gerstenblith G, Blumenthal R, Jones S. Narrowing sex differences in lipoprotein cholesterol subclasses following mid-life: the very large database of lipids (VLDL-10B)J Am Heart Assoc. 2014;3:000 e000851 doi: 10.1161/JAHA.114.000851

  14. Harvard Medical School. When high cholesterol is a family affair. Updated 2020.

  15. Centers for Disease Control and Prevention. High cholesterol facts. Updated 2020.

  16. Herink M, Ito M. Medication induced changes in lipid and lipoproteins. Updated 2018. 

  17. Harvard Chan School of Public Health. Cholesterol. Updated 2021.

  18. Imagem: Adobe Stock
    138,137 BEST Fat Man IMAGES, STOCK PHOTOS & VECTORS 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *